O Pio do Mocho (inclui rolos da massa)

quarta-feira, fevereiro 13, 2008


Ler com som - é importante.
(Vá ao fim do post e faça "play")

Pois é, eis que chega o - grande - Dia dos Namorados e por todo o lado só se vê a cor vermelha, os famosíssimos ursinhos de peluche com um coraçãozinho na mãozinha (note-se que dizer ursinho, coraçãozinho e mãozinha no diminutivo também faz parte da coisa, e vendo bem é o que dá aquele "charme" à situação), almofadas pirosérrimas, quadros e diplomas românicos a dizer “és o(a) melhor namorado(a) do mundo”, nas escolas os alunos são obrigados pela milésima vez a estudar o sempre ilustre e carismático “roses are red, violets are blue, my sweet darling, I love you”, as ourivesarias vendem tudo o que é alianças de ouro que tiverem em stock, quanto mais grossas, feias e brilhantes melhor, claro, as confeitarias confeccionam tudo em forma de coração…enfim, deve ter sido este dia maravilhoso que inspirou a famosa música “love is in the air, everywhere I look around” (John Paul Young! És grande meu velho - já agora onde é que andas?)…

Segundo me foi dado a saber - ao que consta - a nova moda são mesmo os rolos da massa a dizer uma frase qualquer muito lamechas (quiçá hipócrita?)…mas o que vem a ser isto?? Rolos da massa? Já não basta uma pessoa estar o dia todo na cozinha a cozinhar e agora ainda tem que levar com um rolo da massa no dia dos namorados? Ou então.. será que é algum tipo de inovação sadomásoc? Pode ser daqueles que em vez dos sempre queridos e usuais chicotes, algemas, objectos de tortura horrendos, vem disfarçada de presente fofinho no dia de S.Valentim para depois ser usado sabe-se lá onde?! Bem, se é assim, obrigada Meu dEUS por não ter uma mais-que-tudo neste dia tão fantástico do ano porque porrada - na verdadeira acepção da palavra - é a última coisa que eu preciso.

(e para vocês más línguas: não, isto não é dor de cotovelo! Confesso que em tempos, no decorrer dos meus 17 aninhos, até dei à minha namorada (da altura) uns brinquinhos muito catitas! Como vêem sempre tive um espirito mais anti-lamechas que os restantes. Não compactuo com essas mariquices-fofas típicas deste dia meloso).

Felicidades.


_______________________
Cuidado com os teleféricos.

3 comentários:

Sámot disse...

LOL, esse post está deveras muito bom!!

Também concordo que no dia dos namorados só se dão é mariquices!
Acho que a melhor prenda é a companhia daquela/daquele de quem gostamos... Mas não critico ninguém por oferecer prendinhas chiques lol.
Entao se mas oferecerem a mim, até agradeço! Mas atenção, nada de pirosices xD

Felicidades a todos os casais :D

Seasoing disse...

LOl eu este ano participei nesse dia, eu sei que ainda é dia 13, mas tive a arranjar a radio escolar para passar musica para o dia de amanhã, xP

Para mim o dia tornou-se um pouco comercial, como todos os outros, pois o importante é estar com a pessoa que se ama, e não dar-lhe presentes...
Eu como ando entrevado, lá vou passar o dia com os que amo neste momento, amigos e familia

Abraço []

André Alves disse...

Até acho que é um dia giro se não houver a troca de prendas desnecessária. É no fundo mais um método de consumismo mascarado pela máscara do fica bem.
E concordo com a ideia dos rolos da massa, que melhor maneira de terminar uma relação ao atirar com um objecto pesado á cabeça da pessoa em questão? Genial!

P.S. Excelente canção.

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP