Lisboa é das pessoas. Mais contentores? Não!

quinta-feira, outubro 30, 2008

«Chamaram-me chulo, chibo e malandro. Estão a ser manipulados, ou pelo Porto de Lisboa ou pela Liscont...»

A saga continua e parece não ter fim à vista. Mais uma vez Miguel Sousa Tavares. Quem quer tramar este homem? Que complot é este? Não estaremos nós perante uma conspiração sem precedentes? O tema é extenso, as perguntas são muitas, as conclusões são poucas. Meus senhores temos trabalho a fazer. Mãos à obra!

O ponto de situação. As notícias não são nada animadoras. Numa altura em que se exige prudência, calma e fundamentalmente respeito pela dor deste homem - falo claro do Bookjacking - algo terrível acontece. O Trimmerjacking chegou a Portugal ! A cobaia humana voltou a ser Sousa Tavares. Isto começa a ser moda. É com um profundo sentimento de desânimo e frustração que aqui vos lanço um repto - "Vamos ajudar Miguel Sousa Tavares". Se quiser contribuir com um pouco do seu pecúlio e dar um novo alento a este homem, é favor depositar, nas contas seguintes, a sua generosa contribuição. Nunca esquecendo: "Os olhos dos que necessitam, ficam mais brilhantes com a nossa ajuda". (e os meus também).

Ivan Fonseca Mota,
Caixa Geral de Depósitos, NIB 1234 58173 00088271 9866
Banco BPI, NIB 9827 0000 0000 9385 9266

O Primeiro Caso de Trimmerjacking em Portugal.

«O Trimmerjacking é todo o crime que envolve subtracção de estivadores de um qualquer terminal de contentores...»

Um anúncio. Uma petição. Uma revolta.
Tudo começou, em Abril último, com o anúncio do Governo em querer alargar a concessão do terminal de contentores de Alcântara por mais 27 anos (!) à Liscont e da vontade visceral de triplicar a actual actividade portuária de 350.000 contentores/ano para 1 milhão de unidades; Facto que motivará em termos de impacto visual e físico um prejuízo significativo. Posto isto um grupo de cidadãos liderados por Miguel Sousa Tavares, determinados a impedir a concretização deste projecto, erigiram a petição «Lisboa é das pessoas. Mais contentores? Não!» que já conta (imaginem..) com 11.537 assinaturas (número actualizado). Entretanto o escritor dirigiu-se à CML ontem à tarde para participar numa reunião sobre o alargamento do Porto de Lisboa, para a qual tinha sido convidado pelo presidente da autarquia, António Costa. À saída.. Sousa Tavares foi agredido verbalmente por 200 estivadores. "vai mas é escrever livros para o Porto" ou "és um javardo" foram as frases mais ouvidas. Na origem deste acto bárbaro está a possibilidade - ainda que remota - de haver perda de postos de trabalho (Trimmerjacking).

Isto promete...

É preciso agir. A petição está disponível aqui:
http://www.gopetition.com/online/22835.html
_____________________________
Cuidado com os teleféricos.

6 comentários:

Catarina disse...

Ivan Fonseca Mota,
Caixa Geral de Depósitos, NIB 1234 58173 00088271 9866
Banco BPI, NIB 9827 0000 0000 9385 9266

sabes tanto ivan mota! hahaha

Fred disse...

Petição assinada e post a apelar a mais assinaturas. Realmente, isto tem que ser divulgado. boa..

[]

Anônimo disse...

Nas últimas semanas, por uma razão ou por outra, MST é a notícia. É o que dá ter tantos inimigos...

insónia disse...

...roubaram UM caro ao ministro luis amado????

...slogan da RTP é igual ao de uma TV do Chile? - queres ver que temos mais tonys carreiras??

'stracciatella disse...

Não queres acrescentar um NIB do BES? Olha que o meu prof. de Economia disse que o BES é o que se anda a safar melhor.. (a)

Ivan Mota disse...

Não foi necessário Sara, os lucros têm sido brutais. Mas obrigado pela sugestão. LOL

Vamos devolver o sorriso a Sousa Tavares!

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP