Verborreia vs Retórica

quinta-feira, dezembro 25, 2008

«Não adianta escamotear a realidade. Era tão chato, tão chato, tão chato, que o mataram. Era muito incomodativo. Era um chato. Era um moscardo. Que picava, picava, picava e incomodava demasiado.»

Se bem se recordam, quando decidi criar este blogue disse, e repeti vezes várias, que só escreveria se, e só se, tivesse algo para dizer. E assim fiz. Durante este mês não tive grande coisa para dizer porque aconteceram coisas e mais coisas e coisas demais para ter tempo de aqui as revelar. Contudo, e ao contrário do que vós estais a pensar, não estive parado. Estive atento ao mundo. Pesquisei. E fiz uma descoberta absolutamente histórica, a qual tem vindo a ser alvo de sucessivos estudos. É justo que saibam que tudo começou a ser descodificado em Novembro passado. Inicialmente parecia uma coisa sem fundamento, sem pés para andar, mas a verdade é que eu acreditei e estou - agora - em condições de anunciar ao país que [...] Sócrates «O Filósofo Grego» nunca existiu. A princípio senti-me como se o meu corpo estivesse paralisado e a minha cabeça desprovida de ideias. Logo a seguir fui assaltado por uma espécie de onda de terror que, como uma bala me atravessou da cabeça aos pés. E desatei - claro está - num choro baixo, triste e soluçoso como um lamento. Afinal de contas tinha sido enganado. E bem enganado! No fundo Sócrates, como todos sabemos, não escreveu absolutamente nada, não há registos fósseis, não há registos escritos, não há registos de ordem nenhuma. O que sabemos de Sócrates é que era pedra de toque nos diálogos com Platão. E... nada mais. Uma personagem... e nada mais. O discípulo, o apêndice, de Platão era nada mais nada menos que um amigo imaginário. Espantoso!

Mas a história não acaba aqui... quando me preparava para encerrar a investigação, algo acontece. Não foi um grande acontecimento que trouxe a luz que me iluminou a consciência. Tratou-se isso sim, de um pequeno incidente, uma completa insignificância, coisa tão ridiculamente trivial que jamais a guardaria na memória não fosse a poderosa cadeia de raciocínios que tal minudência desencadeou, como um minúsculo grão de areia cuja a acidental deslocação inicia uma devastadora avalancha que tudo altera e destrói com a terrível potência de um asteróide. Estava eu prestes a dar por terminada a minha investigação, quando nisto - vi duas palavras de relance que me puseram o coração literalmente aos saltos. Eram elas: "Jesus Cristo" e "Maomé". Epifania! Numa explosão de consciência, caí por fim na realidade e compreendi o verdadeiro desígnio da minha busca. A verdade. Como se tivesse sido atingido por um raio de luz , percebi o que tinha de fazer. Abri de novo os livros e iniciei nova procura. Como é que eu não pensei nisto antes? - Esta frase martelou-me a cabeça todo o santo dia, até que lá estava ela, nua e crua, a verdade verdadinha. Na nossa História temos três grandes nomes, três grandes e singulares entidades que nada escreveram e deixaram mensagens Jesus Cristo, Maomé e Sócrates. Nada escreveram... e veja-se a importância que assumem. Dá que pensar.

Só um aparte: Espero que amanhã nós acordemos e o nosso Sócrates também tenha sido inventado. A consultar: «Apologia de Sócrates».
_______________________
Cuidado com os teleféricos.

8 comentários:

Catarina disse...

Quem é que era chato, picava e mordiscava e trinta por uma linha afinal? Hahah

Ivan Mota disse...

Sócrates, claro está. Agora perguntas tu: "O nosso ou o grego?"

LOL

Catarina disse...

Tu tem cuidado! Tanto o Sócrates como os seus assessores têm Magalhães! Podem vir aqui e ... nem quero pensar nisso! XD

Ivan Mota disse...

Tens toda a razão, caramba!

'stracciatella disse...

Tens a certeza que nenhum dos três tinha um blog, ou assim? LOL

Mas pronto(s), um óptimo 2009 para ti.

***

'stracciatella disse...

Só mais uma coisa: agora que estamos num novo ano, exijo mudança! Sugiro que comeces por corrigir o nome do meu blog ali ao lado. :P

Obrigadinha!

Tomas disse...

Brutal! Fiquei mesmo fascinado oh Mota!

Um aplauso!
Realmente, com a verdade tão "à nossa frente" (fomos dar uma volta gigante, pelo menos tu :P )

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP