Oiça lá

sexta-feira, janeiro 09, 2009

«Caro consócio, não posso deixar de partilhar consigo uma experiência traumatizante que se passou comigo e que envolveu agentes responsáveis pela ... »

Venho por este meio apresentar a minha indignação perante a seguinte situação. A televisão é - e venha agora alguém dizer o contrário - uma gigantesca e monumental teia de aranha destinada a aprisionar inocentes, só comparável às redes com malhagem ilegal que como um aspirador mortal subtraem, todos os dias, toneladas e toneladas de peixe dos nossos mares. A televisão é uma bomba presa à cintura dos publicitários pronta a rebentar no âmago da populaça. Sejamos francos, na televisão tudo parece ser - até certo ponto - cor-de-rosa, extraordinário, fantástico... e é. Algumas pessoas divertem-se, e muito, na televisão. Por exemplo, as que fazem anúncios a refrigerantes ou comidas calóricas. Onde é que essas aves raras arranjam tanto entusiasmo? Certamente que já repararam; Nós temos 7up! Nós temos 7up! 7up agora só com 70 calorias! E pulam, mudam de cor, riem e voam pelo ar, dão pulos que em condições normais os faria chocar com aviões a quinze mil pés de altitude e ficam descontroladamente dementes. É só uma lata de refrigerante! Repito: é só uma lata de refrigerante! Continuando, já vos aconteceu estar a ver televisão e a consumir exactamente o mesmo produto do anúncio? Já reparam que as pessoas vão para ilhas paradisíacas onde jogam volei, fazem surf, bungee jumping e trinta por uma linha? [...] tudo é possível. O que me obriga a pensar: o que será que estou a fazer de errado? Se eles voam, aparecem e desaparecem pelo ar, por que raio eu não consigo fazer o mesmo? Queres ver que pus gelo a mais?
_________________________________
Porque Seinfeld is life.

4 comentários:

Anônimo disse...

Mi gusta!

Fernandes disse...

Obrigado, guiei-me pela minha curiosidade e li o último post (mais tarde quando tiver mais tempo lerei os anteriores e se possível, próximos). Gosto muito do teu modo de expressão. Penso que uma das realidades que tentas transmitir ( se não me engano) neste teu texto é que a sociedade de hoje em dia é muito dependente e influênciada pela televisão.

Anônimo disse...

Sempre em grande sô Mota.
Um abraço!

Costinha

Catarina disse...

É pertinente a questão. Acho que é preciso ver a fonte do negócio. Commercial's Americanos, o consumidor americano é mesmo assim. Fazem trinta por uma linha para vender o seu produto - mesmo voar. hahaha

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP