O Cabelo

quinta-feira, fevereiro 05, 2009

«Meu Deus! O cavalheiro.. não se importa? Venha cá por favor. Seja lá sincero comigo, as três estrelas Michelin atribuídas a este restaurante são mesmo verdadeiras ou é tudo a fingir?»

Há coisas que não são para se perceberem. Esta é claramente uma delas. Acho estranha a relação que as pessoas têm com o cabelo uma das outras. É relativamente comum ver seres humanos a beijar a cabeça dos outros, a massajar, a tocar, a perscrutar, eu sei lá... trinta por uma linha. Contudo, se por azar um cabelo - seja ele loiro, ruivo, castanho, grisalho, branco ou preto - se porta mal e decide saltar borda fora... cai o Carmo, a Trindade, o Chiado, o Rossio, os Restauradores e mais qualquer coisa. Um cabelo na comida é a coisa mais repugnante à face da Terra - todos de acordo, certo? Um Cabelo no chão é sinónimo de lixeira e desmazelo, verdade? Um cabelo só é respeitado e alvo de oferendas quando está na cabeça. Este antagonismo, na verdade, faz-me pensar no quão complicado é ser cabelo. Umas vezes doce outras nem tanto. Alto e pára o baile! Alto! Tenho um cabelo na comida! Chama-me o empregado imediatamente. Só me trazes a restaurantes da ralé!

Parabéns meu velho. O blogue faz um ano hoje.
_____________________

Porque Seinfeld is Life.

36 comentários:

Horrible Design disse...

Lol! Até para se ser cabelo é preciso ter sorte!
Bom texto e bem pensado!

Cressélia disse...

Já nos CSI fazem maravilhas com um cabelo caído. Coisas...

Maria Miguel disse...

acho que um forte que este blogue tem é falar de coisas em quem nunca ninguém pensaria. mais uma vez, sem saber bem como, concordo tanto.
um beijinho de parabéns ao senhor blogue.

Aubergine. disse...

Parabéns ao teleférico :D

Eu não sei , mas parece-me que quando beijamos e mexemos no cabelo dos outros, sabemos (em principio) que a pessoa tem o cabelo limpo, e conhecemos essa pessoa ... Estando num restaurante e vir um cabelo no prato , esse cabelo é sabe-se lá de quem , quando foi lavado e por aí adiante, quando eles estão no chão a o drama repete-se , apesar de me fazer mil vezes mais impressão um cabelo no comer do que no chão .

Aubergine *

pinguim disse...

obrigada pela tua visita. este post é magnifico, e ,sim, tens razão no que dizes.

um beijinho *

V disse...

Parabens pelo cantinho!
tudo na vida tem dois lados, com os cabelos nao poderia ser diferente :)

baby piggy disse...

Parabéns ao super blog, que eu tive a ler alguns posts e gostei muito. :)
E quanto aos cabelos, concordo com a Aubergine, sabe-se lá de onde veio o cabelo! E eu sei bem o que isso é, tenho trauma a cabelos na comida!

Joana disse...

parabens ao blog ;)

Cat disse...

Parabens ao blog e benvindo ao meu! :D

Pandora disse...

Já soube, não posso perder :D

Ah, parabéns.

Sandra disse...

LOOL, realemnte se formos a ver bem tens razão no que disseste.
Ah e muitos parabéns :) *

Wish disse...

Pior que o cabelo, ainda pode ser moscas...eu já vi, juro! Bj e parabéns:)*

'stracciatella disse...

Parabéns! :D
Parece que ainda foi ontem que o vi chuchar no dedo.

...

E cabelos na banheira?!

Sugarcube ♥ disse...

Adorei o que li. Acho que pouca gente pensa nestas duas visões.

Um beijinho *

Nádia Paiva disse...

Então 'tás perdoado óh meu x)

E parabéns ao Teleférico :D

rosemary disse...

Olá, vim retribuir a visita ;)

Quanto ao teu post, a isso eu chamo descriminação "cabelial"!!! Não se faz...

Bjs*

martha. disse...

asério? :o
ai vou vê-los de certezaaa *-*
nem que fuja de casa -.-

vento forte e mar alteroso disse...

parabéns!
continuo a pensar que pior que encontrar um cabelo no prato (que não se come!) é encontrar meia lagarta numa maçã...quando esta é comida à dentada!

Anônimo disse...

O melhor mesmo é ir ao Mac-DOnalds, comer o hamburguer quase todo, e no final, por um cabelo dos nossos no hamburguer,( mas atenção, isto tudo com a maior das higienes!!!) chegar ao pé da funcionária e reclamar por outro, pois este tinha um cabelo nojento... xDDD

PS: nunca fiz tal coisa, mas já vi ouvi um relato sobre isto xDD

PS2: Parabéns ao excelente blog sô Motinha.

TC

Wilson disse...

PARABÉNS!
Uma mais-valia para todos os bloggers x)

E este texto sobre cabelos merece as estrelas todas do Guia Michelin :D

Com esta brilhante observação concluí que nunca mais vou desejar ser cabelo na vida xD (não é que eu já tivesse desejado)

Annie disse...

Um belo texto, gostei de ler. :)
beijinho *


ah e parabens pelo blog! ^^

An!nHa$ disse...

excelente e com razao!!! ^^

ISto de ser cabelo tem os seus dias bons e dias maus...

Ahh uma qestão... e um cabelo na escova? supostamente é sinal qe tas a ficar careca... =P xPP

BjinhOzZ

iAna disse...

Parabéns..então..! ;)

bj

Mintolita disse...

Obrigada pelo comentário! Sempre que vir um cabelo no esparguete ou a boiar na sopa vou lembrar-me deste texto.

Parabéns ao teleférico.
*

Ritz B' disse...

Epa, agora que falas nisso, é bem verdade!
Eu abria já um inquérito: Doce ou nojento, você decide! x)
Epa, ó Ivan, és o maior :p

Ah e parabéns pelo teleférico :D
Beijinho na testa*

uena disse...

"...quão complicado é ser cabelo."
Bonito, poético.
haha o que me ri XD

P. disse...

Uhuh , o texto diz tudo.
É verdade , o cabelo sofre . x'D

[Invasao =$]

ลndreia disse...

Quando está na cabeça e preso convenientemente! *

al disse...

olá Ivan:
vou passar a estar aqui em baixo, se quiseres espreitar:

http://o-vento-que-passa.blogspot.com/

bjis,
ana lima

Ana disse...

Realmente ser cabelo não é nada fácil, mesmo !
parabéns ao teu blog , =)

Davi(d) disse...

Gostei deste texto. É caso para dizer "quando o cabelo têm dois lados", uhuh.
Como já tantas pessoas disseram, sou apenas mais um a felicitar o teu blog :)

Filipa <3 disse...

dá que pensar, realmente.

a verdade é que, na rua, diante de todos, os 'enamorados' acariciam os seus cabelos, mas, dentro de casa (ou outro sitio onde se sintam confortáveis), são bem capazes de o arrancar, puxar e pode-se mesmo dizer torturar, num acto de imensa loucura.

:P
o cabelo poderia bipolar

Anônimo disse...

Parabéns ao Blogue! Vou visitando, vendo e ouvindo!

ana limão disse...

Isto é cómico! Tens piada ser humano de Lisboa ;)

Jessica disse...

gostei deste texto, deu imenso que pensar...
as várias facetas do cabelo, hum...

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP