O Erro

quinta-feira, março 17, 2011

Abundamos em certezas, confiamos cegamente nas nossas ideias e tendemos a considerar-nos, não raras vezes, seres muito dotados e esclarecidos. Porém, se antes de falar pensássemos duas vezes, talvez falássemos com mais acerto ou optássemos até por ficar calados. Se o cherne, a chaputa, o peixe-espada e o besugo morrem pela boca, a nós, humanos, não nos dá saúde nenhuma as burrices que teimosamente dizemos. Porque raio havemos, sempre, de ter opinião e manifestá-la a propósito ou a despropósito?
_______________________
Cuidado com os teleféricos

6 comentários:

ritinha disse...

Não sei !
Mas também porque raio não havemos de falar no que pensamos ?

Kika disse...

É o que eu faço... Joga-lo a meu favor. Mas é como tu dizes: Dá trabalho!

Quanto ao "O Erro": Ámen!

Ivan Mota disse...

Podemos falar o que pensamos. Afinal de contas é essa a vantagem de vivermos numa democracia. O problema só encrava quando usamos e abusamos dessa democracia em prejuizo próprio. Isso é que está mal, porque pensar antes de falar será sempre uma virtude.

Corina de Oliveira disse...

Não devemos ter medo de nada! Haja liberdade de expressão!

Ivan Mota disse...

Era bom que fosse sempre assim. Eu defendo a liberdade de expressão até às últimas consequências, mas há momentos em que ganhamos muito mais em estar calados.

Corina de Oliveira disse...

Hey, decidi fazer um facebook para O meu reino da noite, por isso não te acanhes e bota um like!
Beijinhos *

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP